O Tarot Psiônico de Ação Pulsada© atuando como oráculo

Tarot Psiônico

Quem conhece o Tarot Psiônico de Ação Pulsada© sabe de suas aplicações para envio de energia a partir de um diagnóstico feito por um lançamento.

Alguns operadores deste tarot, embora ele não tenha sido desenhado para isso, fazem uso dele como um oráculo, precedendo uma ação de envio de energia. Estes operadores normalmente desenvolvem métodos próprios, a partir do significado das cartas escrito no Manual.

Assim, neste artigo procuramos dar um exemplo de uma tiragem clássica, interpretando as cartas como indicadoras de fatos, como num oráculo.

Alertamos que, para usá-lo como um oráculo, é necessário um bom desenvolvimento da capacidade interpretativa, indo além do que o símbolo mostra,  e uma boa intuição.

A Tiragem de Vênus

A tiragem que escolhemos é uma variação da tiragem de Vênus, usada em relacionamento a dois. Trata-se de uma tiragem real, da qual omitiremos dados pessoais.

Na tiragem de Vênus verificamos como está a relação entre duas pessoas nos níveis físico, emocional, mental e espiritual.

São distribuídas 12 cartas em três colunas, a primeira representa quem faz a pergunta; a segunda, o relacionamento e a terceira, seu parceiro. A tiragem pode ser feita independente de gênero ou orientação sexual.

Cada coluna tem quatro cartas, sendo a primeira debaixo para cima refere-se ao físico; a segunda, ao emocional; a terceira, mental e a do topo, o espiritual.

Um problema de relacionamento

A tiragem a seguir refere-se a seguinte consulta: uma mulher diz que o relacionamento com seu atual parceiro está esfriando. Percebe o distanciamento emocional e pergunta o que está havendo e se há futuro no relacionamento.

Observe a tirada. O Tarot foi direto ao ponto, quando coloca a carta das Espadas do Arcanjo Miguel na segunda linha, a dos sentimentos. É a única carta verde na tiragem, ganhando um destaque bem forte, parecendo dizer “olhe para mim”.

O naipe verde sugere que estão morando juntos. E as Espadas do Arcanjo Miguel sugerem um corte.

A conclusão é que não há mais sentimentos que une ambos, pelo menos como um casal, ou seja, o amor se foi. E se foi para os dois. Então, provavelmente cada um procurará seu canto.

Porém a leitura não pode acabar aí. Devemos nos lembrar que ela é o retrato do momento e diz muito mais do que acabamos ler. Como oraculistas, devemos ter cuidado para não dar uma resposta fechada e seca, pois a leitura pode estar sendo influenciada pelo estado da interagente: ela pode ter brigado com o namorado pouco antes de vir ao consultório e estar com raiva dele desejando que ele vá embora de sua vida.

Será que ele tem outra?

Mandala

Convém ver as outras cartas. Vamos começar com a linha do físico. Temos o Vesica Pisces para ela, o Código 21 para ele e o Alinhamento das Consciências Divinas no relacionamento. Essa configuração de cartas está muito estranha. O que faz o Alinhamento das Consciências Divinas no relacionamento físico?

Quem vai dar a pista é o Vesica Pisces. Ele é um ralo por onde são escoadas as energias mal qualificadas. Isso indica algum problema na sexualidade dela. O Alinhamento das Consciências Divinas está aí para corrigi-lo se for feita a emissão. A paciente em questão tinha um viés religioso muito forte e tinha dificuldades em aceitar o sexo como natural.

Mas na coluna do namorado há o Código 21, podendo indicar um rearranjamento dele em relação ao sexo. Aqui devemos ter cuidado. Se falarmos isso ela vai perguntar: “será que ele tem outra?”, e a tiragem de Vênus não responde a esta pergunta. Muito menos o Tarot Psiônico. E pode não ser isso, pois ele pode simplesmente ter se conformado com a falta de ousadia da namorada.

Aqui temos uma das origens do conflito: o sexo. O Alinhamento esta aí para colocar o sexo em ordem divina, ou seja, quebrar o conceito de pecado.

Isso deve ser dito à interagente, pois é algo que deve ser mudado, se não for para este relacionamento, será para o próximo.

O Emocional e o Mental

Na linha do sentimento é onde estão as Espadas do Arcanjo Miguel. Aqui tanto ela (com o Anjo) como ele (com o elemento Éter) parecem estar em equilíbrio emocional, o que ajudaria na resolução do problema.

No mental temos outra aparente contradição: ela e ele tem cartas ligadas à espiritualidade: ela tem a Chama Trina e ele a Rede Cristalina, ligadas pela Geometria Sagrada, na coluna do Relacionamento. Estas cartas podem ser vistas como filosofias de vida diferentes: ela mais centrada no seu interior e ele se preparando para um salto evolutivo (Rede Cristalina). É um bom sinal, porém pode ocorrer uma ruptura caso ele evolua e ela fique estagnada. Entretanto isso pode ser ajustado pela Geometria Sagrada.

O seu interagente pode entender facilmente o que é um salto evolutivo ou uma busca interior, porém poucos vão entender o significado de “Geometria Sagrada”. Você pode dizer que a Geometria Sagrada são figuras geométricas que formam mandalas específicas para cada caso e são dinâmicas, ajustando o que estiver em desajuste.

Por fim o Espiritual. Lá tem a carta Florais na posição dela, a Entrega Divina na dele e o portal Espiral no relacionamento.

Isso indica que a nível espiritual, para ele, em seu processo evolutivo, este relacionamento deveria terminar, pelo menos na base em que está (daí a Entrega Divina). Note que esta dedução só vale no contexto onde esta carta saiu. Sempre é preciso analisar o jogo inteiro.

Os Florias no campo dela indica um período de tristeza, normal em casos de separação e o uso do poder de cura dos florais para suavizar a situação.

E o portal da Espiral levará estas energias (e todas do jogo) onde forem necessárias.

A dura resposta

A relação entre eles está muito desgastada e a causa provável é como ela encara o sexo. Mais cedo ou mais tarde pode ocorrer uma ruptura.

O que suavizaria a situação? Mesmo para relacionamentos futuros, a forma como ela encara o sexo precisa mudar. Durante a emissão, provavelmente haverá uma correção energética do problema (um realinhamento do chakra básico e do sexual), porém o tratamento não pode parar aí. Sugira uma sequência para o tratamento, como você mesmo ou com outro terapeuta. Aqui a terapia deverá ser uma que esteja em sintonia com o paciente. De certa forma o Tarot já apontou um caminho: florais. Pode ser também uma das mesas radiônicas. Ou ainda aconselhamento psicológico. Mas algo precisa ser feito.

Esta não era resposta que a interagente queria ouvir, mas foi necessário dizer para ela. Como fazer em um caso semelhante?

Em primeiro lugar, não dê uma resposta seca. Comece a leitura por um ponto favorável e depois progrida até o desfecho.

Não questione os valores do interagente. No caso aqui é a visão de sexo como pecado. Converse com ele conduzindo a uma abertura maior, onde estes valores possam ser flexibilizados. No caso citado, havia o desejo da interagente em se libertar dessa visão e até julgava ter superado, mas o Tarot mostrou que havia uma trava inconsciente que a impedia de desfrutar plenamente a experiência sexual.

Bola de Cristal - Tarot Psiônico

Não vaticine o resultado. Na minha opinião, um oraculista deve ver o futuro não como algo acabado e definitivo, pois ela ainda não aconteceu e o livre arbítrio pode ser usado para mudar pelo menos o rumo dos acontecimentos. No caso em questão, não havia diálogo entre os parceiros a respeito de sexo. Uma conversa franca entre eles poderia ter ajudado no passado e pode ajudar agora. Vaticinar o resultado pode consolidar o que era apenas uma tendência. No dizer da física quântica, a onda será colapsada.

Emitindo as frequências

No caso específico do Tarot Psiônico, se o resultado não é o esperado, pergunte se o interagente quer a emissão de energia naquele contexto. No exemplo, no momento da emissão, irá também a Espada do Arcanjo Miguel e o que pode acontecer é uma agilização do processo de separação. Isso será feito de forma a colocar tudo em ordem divina, mas o interagente tem o direito de saber o que vai acontecer e optar ou não pelo envio das frequências.

Recolha as cartas pelas colunas, primeiro a da esquerda, de baixo para cima (a primeira é a do físico e a última do espiritual). A seguir, faça o mesmo com a coluna da direita e coloque sobre a pilha de cartas anterior e repita para a coluna do meio. Vire o maço de cabeça para baixo e faça a emissão.

O processo todo desde a tirada ou envio de frequências leva cerca de meia hora. Pergunte então se quer mais algum esclarecimento com algumas tiradas rápidas com três cartas sobre o tema ou outro assunto. Esclareça que não há como interferir diretamente no sentido de alterar o que acabou de ler e recuse-se a responder à pergunta “ele(a) tem outra(o)?”. O Tarot Psiônico não foi feito para isso.

Conclusão

Eu fiz este exemplo apenas para mostrar a flexibilidade do Tarot Psiônico de Ação Pulsada©. Entretanto, para conseguir realizar esta leitura é preciso um conhecimento muito profundo do significado de cada carta e um trabalho de interpretação muito bom. Eu próprio prefiro usar um oráculo convencional e a partir do resultado, usar o Tarot Psiônico para harmonizar as energias. Mas isso é assunto para outro artigo.

, , , , , ,

Uma Resposta para O Tarot Psiônico de Ação Pulsada© atuando como oráculo

  1. Madalena 14 de Fevereiro de 2018 at 15:02 #

    Gostei muito desta explicação.

Deixe uma resposta