Alinhamento Planetário de Julho / Agosto de 2016

Estamos vivenciando um fenômeno astronômico muito importante: o alinhamento dos cinco planetas visíveis no céu, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno. O processo começou no final de julho e estará em seu ápice no dia 27 de Agosto, permanecendo visível ate meados de setembro.

É possível vê-los olhando oeste, no início da noite, por volta das 18:00. Eles formarão uma linha percorrendo o céu em direção ao leste.

No dia 27 de agosto Júpiter estará próximo ao horizonte, formando uma conjunção com Vênus, separados apenas 4′ o que dará a impressão de serem um astro só.

ceu 27 08 2016

Por si só a observação deste fenômeno astronômico é um espetáculo imperdível. Mas seria interessante ver quais seria as implicações astrológicas. Uma conjunção Vênus e Júpiter é bastante importante, só para começar.

Astrologicamente

Escolhi fazer só a análise do céu, a partir do dia do ápice do alinhamento, na cidade de São Paulo e o horário das 18:00 traçar o mapa.

Observem o mapa, traçado pelo programa What Watch. Salta aos olhos a conjunção tripla formado por Mercúrio, Vênus e Júpiter e a conjunção Marte e Saturno.

mapa 28 8 2016 a

Uma coisa que dá o que pensar: no mesmo momento os dois benéficos estão em conjuntos entre si (e com Mercúrio dando uma forcinha), bem como os dois maléficos.

Vamos ver os outros aspectos envolvendo esses cinco planetas. De uma rápida análise vemos:

  • O Sol em quadratura com Saturno e Marte conjuntos
  • O Sol em oposição a Netuno
  • A Lua em trígono com Netuno
  • A Lua em oposição a Plutão
  • A Lua em quincúncio com Saturno e Marte conjuntos
  • Saturno e Marte conjuntos em quadratura com Netuno
  • Quincúncio de Urano com a conjunção tripla Mercúrio, Vênus e Júpiter
  • Uma quadratura de Urano com Plutão
  • Há uma grande quadratura envolvendo o Sol, a conjunção Marte/Saturno e Netuno

mapa 28 8 2016 c

Na conjunção, Mercúrio está em seu domicílio, Vênus está em queda e Júpiter em exílio. Apesar de serem planetas benéficos, Vênus e Júpiter não estão bem posicionados, com sua energia diminuída. Ambos os planetas estão associados à prosperidade, o que indica um momento de baixa pronunciada, aliviada por Mercúrio, que se adapta às energias positivas de ambos. É como se Mercúrio, anfitrião, acolhesse os visitantes que estão desambientados, tentando fazer com que sintam em casa.

Júpiter na astrologia mundana representa a Justiça em sentido amplo, ou a instituição da Justiça em sentido restrito. Enquanto Júpiter estiver em Virgem, a Justiça estará bastante enfraquecida. Processo judicias no período tenderão a ser mais lentos que o costume e pode haver injustiças. Mercúrio funcionará como um bom advogado.

Já a conjunção Marte / Saturno por si só representa encrenca e nenhum deles está em exílio ou queda. Por outro lado não estão em domicílio ou em exaltação. Menos mal.

mapa 28 8 2016 b

Na astrologia mundana este tipo de conjunção normalmente é associada com golpes antidemocráticos, ataques terroristas, revoluções, invasões militares, endurecimento de regimes autoritários e desastres envolvendo construções humanas, como barragens, pontes e ferrovias. Para piorar a situação, o Sol, representando o governante, está em quadratura com a conjunção Marte / Saturno, ou seja, o governo, seja quem for, está em maus lençóis. A combinação disso com Júpiter e Vênus enfraquecidos não pode resultar em coisa boa. Estes dois planetas combinados com Mercúrio podem indicar uma resistência intelectual grande e importante aos possíveis golpes, mas ineficaz.

Vamos ver como anda o povo, ou seja, a Lua. Ela faz um quincúncio com a conjunção Marte Saturno. Este quincúncio é de natureza regenerativa, já que a Lua saiu de uma oposição com estes dois planetas no dia 25 de agosto. Ou seja, “o pior já passou” ainda, que haja algum estresse. Mas pelo andar da carruagem, o pior pode já ter acontecido no por conta desta oposição à conjunção Marte / Saturno!

Temos um trígono Lua / Netuno. O que aparentemente seria um bom aspecto – um indicativo de criatividade – na atual conjuntura não parece saudável. Netuno é o planeta da Ilusão. Um povo iludido não parece ser uma coisa boa num momento crítico como vem sendo retratado até agora.

E Marte / Saturno está em quadratura com Netuno. Isso simplesmente indica um choque de realidade duro e violento no povo que está iludido.

A Lua também está em oposição a Plutão, o que indica uma explosão emocional que pode coroar tudo isso como uma revolta popular de curta duração, sufocada rapidamente.

E Urano e Plutão estão também em quadratura. A quadratura do revolucionário Urano com o transformador Plutão, que vem regendo a humanidade desde 2009, causando estragos nas economias e na política do mundo todo e ficará nos atormentando até 2019. A base perfeita para o desenrolar do caos previsto até aqui.

Por fim a grande quadratura envolvendo o Sol, a conjunção Marte / Saturno e Netuno. O ponto focal é justamente a conjunção. E ela está em Sagitário. Este será o desafio que nos foi proposto: superar as ilusões e enfrentar a realidade da grande mudança que está acontecendo, com a criatividade de Netuno, a força e coragem do Sol e a sabedoria de Sagitário.

, , , , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Desenvolvido por WordPress. Desenhado por Woo Themes